Bandeiras-distintivo, Insígnias de Comando e Flâmulas da Marinha

Bandeira do Cruzeiro e Jeque Nacional

 
 

Podemos dizer que a Bandeira do Cruzeiro é a bandeira base prevista no Cerimonial da Marinha (Anexo (83), da Port nº193/MB/2009, do Comando da Marinha), esta mesma norma define em seu artigo  2-3-2:

 

A Bandeira do Cruzeiro é usada nas seguintes condições:
 
I - hasteada e arriada diariamente, no "pau do jeque", simultaneamente com a Bandeira Nacional, em todos os navios incorporados à MB, quando estes estiverem no dique, fundeados, amarrados ou atracados; e
 
II - hasteada à meia adriça quando assim o for a Bandeira Nacional, por motivo de luto ou funeral"
E prossegue descrevendo:
 
Art. A-2 Bandeira do Cruzeiro
 
" A Bandeira do Cruzeiro tem cor azul-marinho, forma retangular, metade do número de panos da Bandeira Nacional que for hasteada, dividida em quatro quadriláteros iguais por uma série de estrelas brancas, uma posicionada no centro e as demais igualmente espaçadas entre si, contando-se com a do centro treze no sentido do comprimento e nove no da largura, totalizando vinte e uma estrelas."
 
Para entendimento dos leitores, o Jaques ou Jeque são bandeiras que ficam à proa (parte da frente) das embarcações de guerra usadas para indicar a nacionalidade do navio, em geral são apenas usadas quando a embarcação está ancorada no porto ou para determinadas ocasiões especiais.

 

Flâmula de Fim de Comissão:
 
O citado Cerimonial assim define o uso da Flâmula de Fim de Comissão:
 
"Art. 2-3-3 - A Flâmula de Fim de Comissão é hasteada no tope do mastro principal nos navios incorporados à MB, substituindo a Flâmula de Comando, ao término de comissão igual ou superior a seis meses, quando o navio iniciar a aterragem ao porto final da comissão, sendo arriada no pôr-do-Sol que se seguir."
 
Descrevendo a bandeira da seguinte forma:
 
"Art. A-3 - A Flâmula de Fim de Comissão tem cor azul-marinho, forma triangular, alongada, cuja base coincide com a tralha, sendo a altura igual à metade da guinda do mastro principal, ocupada por vinte e uma estrelas brancas, igualmente espaçadas entre si." 

 

Bandeira-distintivo do Comandante da Marinha:  O Cerimonial da Marinha indica quando o pavilhão do Comandante da Marinha deve ser usado:
 
"Art. 2-4-22 Hasteamento do pavilhão do Comandante da Marinha
 
Quando o Comandante da Marinha estiver a bordo de OM da MB, seu pavilhão:
 
I - permanece hasteado, sendo somente substituído pelo Estandarte Presidencial; e
 
II - permanece içado no mastro do pátio do Comando da Marinha, do Distrito Naval ou do COMAP enquanto o Comandante da Marinha estiver presente na Capital Federal, na sede do Distrito Naval ou em outra localidade em que haja OM de Marinha, respectivamente."
 
E assim define o pavilhão: " O pavilhão do Comandante da Marinha é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, porém farpado, tendo a meio do quadrilátero superior esquerdo o escudo redondo do Cruzeiro do Sul e a meio do quadrilátero inferior esquerdo uma âncora."

 

Pavilhão do Patrono da Marinha:
 
O pavilhão do Patrono da Marinha, é içado nas honras dia 13 de dezembro, no caso de Organização Militar onde haja cerimônia de entrega da Medalha do Mérito Tamandaré.
 
É assim definido:
 
"O pavilhão do Patrono da Marinha é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, tendo a meio do quadrilátero superior esquerdo o brasão d'Armas do Marquês de Tamandaré e a meio do quadrilátero inferior esquerdo cinco estrelas brancas dispostas como se estivessem ocupando os vértices de um pentágono regular, para cujo centro estará voltada uma das pontas de cada estrela; o brasão d'Armas consiste de escudo sanítico esquartelado, sendo o primeiro quartel de ouro, com uma cruz da Ordem de Cristo firmada nas bordas, o segundo de vermelho, com cinco flores de ouro em santor, o terceiro de prata, com uma árvore de verde frutada de ouro e o quarto de azul, com dezenove estrelas de prata postas em cruz."

Pavilhão do Almirantado:
 
É assim definido:
 
"O pavilhão do Almirantado é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, tendo a meio do quadrilátero superior esquerdo a estrela das Armas Nacionais e a meio do quadrilátero inferior esquerdo duas âncoras cruzadas."
 
Seu uso se dá da seguinte forma:
 
"Quando o Almirantado estiver a bordo de OM, seu pavilhão permanecerá hasteado simultaneamente com o pavilhão da autoridade presente de maior antiguidade da cadeia de comando e, se for o caso, da bandeira-insígnia de autoridade não pertencente à cadeia de comando com maior precedência."

Pavilhão do Chefe do Estado-Maior da Armada :
 
É assim definido: "O pavilhão do Chefe do Estado-Maior da Armada é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, tendo a meio do quadrilátero inferior esquerdo duas âncoras cruzadas."
 
E, seu uso:
 
"Hasteamento do pavilhão do CEMA: Quando o CEMA estiver a bordo de OM que não lhe seja subordinada, seu pavilhão:
 
I - permanece içado simultaneamente com o pavilhão da autoridade presente de maior antiguidade da cadeia de comando e, se for o caso, da bandeira-insígnia de autoridade não pertencente à cadeia de comando com maior precedência; e
 
II - somente é substituído pelo pavilhão do Comandante da Marinha ou do Almirantado

 

Pavilhão do Comandante de Operações Navais:
 
 
É assim definido:
 
 
"O pavilhão do Comandante de Operações Navais é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, porém farpado, tendo a meio do quadrilátero inferior esquerdo uma âncora."

         


Pavilhão do Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais:
 
Definição:
 
"O pavilhão do Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, porém farpado, tendo a meio do quadrilátero inferior esquerdo dois fuzis superpostos a uma âncora. "

 

 

Pavilhão de Almirante:
 
 
É assim definido:
 
 
"O pavilhão do posto de Almirante é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, tendo a meio do quadrilátero superior esquerdo cinco estrelas brancas dispostas como se estivessem ocupando os vértices de um pentágono regular, para cujo centro estará voltada uma das pontas de cada estrela."

Pavilhão de Almirante-de-Esquadra:
 
Definição:
 
"O pavilhão de Almirante-de-Esquadra é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, tendo a meio do quadrilátero superior esquerdo quatro estrelas brancas dispostas como se estivessem ocupando os vértices de um losango retangular, para cujo centro estará voltada uma das pontas de cada estrela.

Pavilhão de Vice-Almirante:
 
É assim definido:
 
"O pavilhão de Vice-Almirante é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, tendo a meio do quadrilátero superior esquerdo três estrelas brancas dispostas como se estivessem ocupando as pontas de um triângulo equilátero, para cujo centro estará voltada uma das pontas de cada estrela."

Pavilhão de Contra-Almirante:
 
Definição:  
 
"O pavilhão de Contra-Almirante é da mesma cor, feitio e heráldica da Bandeira do Cruzeiro, tendo duas estrelas brancas dispostas horizontal e simetricamente em relação ao centro do quadrilátero superior esquerdo.

 

Pavilhão de Almirante Comandante de Força:
 
Definição:
 
"O pavilhão de Almirante Comandante de Força, com aspecto igual ao do pavilhão do posto do oficial que exerce esse Comando, tem a meio do quadrilátero inferior esquerdo uma âncora singela, substituída por dois fuzis cruzados superpostos a uma âncora quando o comando for de oficial fuzileiro naval."


Almirante-de-Esquadra Comandante de Força
Vice Almirante Comandante de Força Contra-Almirante Comandante de Força
Almirante-de-Esquadra Fuzileiro Naval Comandante de Força Vice Almirante Fuzileiro Naval Comandante de Força

Contra-Almirante Fuzileiro Naval Comandante de Força

Pavilhão de Capitão-de-Mar-e-Guerra Comandante de Força:
 
Definição:
 
"O pavilhão de CMG Comandante de Força é triangular, de cor azul marinho, dividido em dois quadriláteros e em dois triângulos iguais, por vinte e uma estrelas brancas dispostas em cruz e igualmente espaçadas entre si, de forma que uma fique posicionada no centro, três em cada ramo vertical, cinco no ramo horizontal esquerdo e nove no ramo oposto, tendo ainda no centro do quadrilátero inferior esquerdo uma âncora singela, substituída por dois fuzis cruzados superpostos a uma âncora quando o comando for de oficial fuzileiro naval."

Capitão-de-Mar-e-Guerra Comandante de Força: 
 
Capitão-de-Mar-e-Guerra  Fuzileiro Naval Comandante de Força: 

Pavilhão de Capitão de Fragata e Capitão de Corveta Comandante de Força:
 
Definição:
 
"O pavilhão de CF ou CC Comandante de Força é similar ao de CMG Comandante de Força, exceto por ser trapezoidal."

CC ou CF Comandante de Força

CC ou CF Fuzileiro Naval Comandante de Força :

 

Pavilhão de Comandante Mais Antigo Presente Embarcado:
 
Definição:
 
"O pavilhão de COMAPEM é:


I - quando referente a Almirante, de aspecto igual ao do pavilhão do oficial, com a inclusão de uma estrela branca no quadrilátero superior direito; e


II - quando referente a Oficial Superior, similar ao pavilhão de Capitão-de-Mar-e-Guerra Comandante de Força, exceto por não possuir a âncora e por ter uma estrela branca a meio do triângulo superior direito"

Almirante Comandante Mais Antigo Presente Embarcado:
Oficial Superior Comandante Mais Antigo Presente Embarcado:

Pavilhão de Capitão dos Portos:
 
Definição:
 
"O pavilhão de Capitão dos Portos é similar ao pavilhão de Capitão-de-Mar e-Guerra Comandante de Força, exceto por não possuir a âncora."

 

Flâmula de Comando: "A Flâmula de Comando é a insígnia privativa dos oficiais de marinha quando no exercício do cargo de comando, vedado seu uso em navio não incorporado à Armada."
 
É assim definida:
 
"A Flâmula de Comando é de cor azul-marinho, triangular, alongada, com a base coincidindo com a tralha, sendo a altura ocupada por vinte e uma estrelas brancas, igualmente espaçadas entre si."


 

Flâmula de Oficial Superior:    "A Flâmula de Oficial Superior é hasteada nas embarcações miúdas que conduzam oficial superior uniformizado, sendo arriada tão logo o oficial desembarque."


Definição:

 

"A Flâmula de Oficial Superior é similar à Flâmula de Comando, exceto por ser de cor branca e ter uma única estrela azul a meio da altura do triângulo."a-insígnia era descrita:

 

 voltar à página inicial